• ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Notícias

Consultor de Empresas, Elias Eufrásio, relembra bons momentos de sua vida ao visitar prédio da Prefeitura de São Ludgero

Secretaria de Agricultura, Comércio, Indústria e Turismo - Publicado em 16/12/2019 às 12:05 - Atualizado em 17/12/2019 às 09:31

     O prédio da Prefeitura de São Ludgero e o prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, receberam com alegria a visita de um ex-aluno do Educandário São Joaquim (Seminário de São Ludgero) que funcionou no local no período de 1944 a 1974.Trata-se do lagunense Consultor de Empresas, Elias Eufrásio, acompanhado de sua esposa, Vera Lúcia da Silveira.

        A visita aconteceu no período vespertino do dia 13 de dezembro. Ao chegarem, num primeiro momento, visitaram o prédio, acompanhados dos funcionários públicos Jânio Paladini (Engenheiro Civil) e Terezinha Blazius Feliciano da Cruz (Serviços Gerais). Após, estiveram no Gabinete do Prefeito conversando com o prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba.

       Na conversa Elias recordou com alegria do período que frequentou o Seminário descrevendo com exatidão como era o funcionamento do local que tinha como ecônomo (reitor) padre Afonso Schlickmann. “Hoje residimos em Florianópolis e decidimos passar alguns dias na região. Foi muito bom estar novamente no Seminário que oportunizou bons aprendizados para minha vida. Este Seminário foi onde comecei toda a trajetória de cidadão e que me preparou para a vida. Agradeço muito aos meus pais que tiveram a sabedoria de me encaminharem para São Ludgero. Agradeço aos padres da época que foram verdadeiros formadores de pessoas do bem e bom caráter”, disse.

        Com 71 anos, Elias Eufrásio, revelou durante a visita que nunca tinha saído de casa por longa data antes de chegar ao Seminário de São Ludgero. “Na época morava em Criciúma”, contou. O Consultor de Empresas tem em seu currículo profissional a atuação como professor da Universidade Federal de Santa Catarina (Usfc), onde teve sua formação superior em Ciências Contábeis; Trabalho desenvolvido com o doutor Aderbal Ramos da Silva e com a família Gomes (Portobello) por muitos anos. Também foi membro da Academia de Ciências Contábeis de Santa Catarina e conselheiro do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) em Brasília, órgão do Ministério da Fazenda. Tem formação em Direito e é pós-graduado pela Escola Superior de Administração e Gerência (Esag) - um dos centros que compõem a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). “Sou uma pessoa muito feliz e São Ludgero me ajudou muito na carreira”, resumiu o Consultor.

    O primeiro Seminário de Santa Catarina – Foi nas terras de São Ludgero que em 1920, com empenho do Monsenhor Tombrock, a ajuda de Monsenhor Others e do padre José Sündrupp, bem como o apoio do povo foi construído o primeiro Seminário de Santa Catarina. Ele iniciou com 7 seminaristas e segundo a escritora Iva Buss por falta de recursos, de professores e apoio em geral teve que ser fechado. O prédio existe até hoje, é de propriedade da Mitra, passou por algumas ampliações e atualmente no local funciona a Casa das Irmãs da Congregação Divina Providência e salas de catequese.

    O Seminário que funcionou no atual prédio da Prefeitura de São Ludgero - O Seminário teve sua construção iniciada em 1942 e em 1944 já estava em atividade com o apoio das autoridades eclesiais diocesanas, funcionando até 1974, quando foi vendido para o Governo do Estado, transformando no Centro de Treinamento Agropecuário São José. Depois, passou a ser propriedade do município e hoje é a Sede Administrativa Municipal.

     Comunidade acorda com o toque dos sinos e um grande incêndio – No livro de Iva Buss “São Ludgero – Seu Povo – Sua História”, com base também em outros escritos e registros, ela relata que era 10 de agosto de 1956 e que após o toque dos sinos rapidamente surge um grande clarão, produzido pelas altas chamas do fogo. As pessoas correram em direção ao Seminário (atual prédio da Prefeitura de São Ludgero) para ajudar e felizmente todos foram salvos, ficando apenas com a roupa do corpo. Os alunos tiveram que ir para suas casas e somente algum tempo depois, alguns tiveram a oportunidade de ir para o Seminário Nossa Senhora de Fátima ao ficar pronto, em Tubarão. O Seminário de São Ludgero, local onde funciona atualmente a Sede Administrativa Municipal, foi reconstruído com a colaboração do povo em 1959, concluído e reinaugurado em 20 de março 1960.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar