Acessibilidade 5 Alto contraste 6

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Notícias

São Ludgero já usa vários remédios para tratamento precoce do Coronavírus e definirá protocolo de medicações

Secretaria de Saúde - Publicado em 05/07/2020 às 12:27 - Atualizado em 05/07/2020 às 12:37

    A equipe de profissionais da saúde de São Ludgero, apoiada pela Prefeitura, assim como outros profissionais pelo Brasil afora, acredita que o tratamento precoce do Coronavírus, assim como outras doenças a exemplo do Câncer, é o caminho para a recuperação rápida das pessoas. O uso de vários medicamentos como Tamiflu, Azitromicina, Cloroquina, Ivermectina, Prednisona e Corticóde já é uma realidade, dependendo do estágio da doença, e em breve um protocolo de medicações será finalizado, após amplo debate, análise com consenso dos profissionais, fazendo parte da rotina ambulatorial, dependendo do agravamento do quadro clínico do paciente.

    A Secretária de Saúde, Nilva Schlickmann Pickler, explica que cada pessoa que chega ao Centro de Triagem do Coronavírus é atendida e uma avaliação é feita com base nos sintomas apresentados. “Cada profissional faz a prescrição médica dependendo do quadro clínico apresentado pelo paciente e, atualmente, os profissionais já tem uma maior segurança e conhecimento sobre o vírus, por isso o debate para criação em consenso de um protocolo de medicações”, pontua. Ela lembra que a Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, apoia a equipe de saúde diante do fato de estar contribuindo diretamente com a manutenção da saúde das famílias. “O enfrentamento do Coronavírus não fica somente na parte de regramentos e sim num direcionamento dos profissionais médicos e naquilo que eles acreditam com base científica”, resume.

    Com base nos atendimentos feitos, a utilização de Tamiflu+Azitromicina, por exemplo, dependendo da gravidade com exames como hemograma, PCR, LDH, VHS e exames de imagem como o TC do tórax. Os profissionais informam que não existe fórmula exata, mas prescrições que podem contribuir para que as pessoas façam o tratamento em casa, melhorem sem agravamento do quadro.

     Existe um movimento no Brasil de profissionais médicos e da área de saúde que acreditam que a intervenção precoce como acontece com várias doenças, é eficaz também para o combate ao Coronavírus. 


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar